05/08/2009

Joáo Pessoa chega aos 424 anos


Do alto de seus 424 anos de fundação, a cidade de João Pessoa só melhora com o passar do tempo. Seus ares modernos, os prédios e monumentos atraem turistas e moradores da cidade tanto por sua importância cultural quanto pelas belezas arquitetônicas aliadas a exuberância da natureza. Fundada em 05 de Agosto de 1585, quando o Capitão João Tavares selou acordo com Pyragibe, cacique dos Tabajaras, para a posse definitiva da terra e a expulsão dos franceses que traficavam na região, a capital paraibana nasceu às margens do Rio Sanhauá e, de lá para cá, continua crescendo. Cada vez mais bela. Cada vez mais verde.


Cidade foi fundada em 5 de agosto de 1585 às margens do Rio Sanhauá e se desenvolveu em direção ao mar Foto: Ovidio Carvalho/ON/D.A. Press
Na época, foi batizada com o nome de Felipéia de Nossa Senhora das Neves. Em 1634, quando ainda era um povoado, foi tomada pelos holandeses e recebeu o nome de Frederica. Vinte anos depois, com a expulsão dos holandeses, passou a ser chamada de Parahyba, em referência ao rio que se encontra com o Sanhauá, até setembro de 1930, quando recebeu onome de João Pessoa em homenagem ao político de mesmo nome.

Com seus 25 quilômetros de praias com areias brancas, águas mornas e tranqüilas o ano inteiro, a segunda cidade mais verde do planeta é conhecida no mundo por suas belezas naturais, tranqüilidade e hospitalidade de seu povo. A cidade é orgulho para os paraibanos por abrigar o ponto extremo oriental das Américas, localizado na Ponta do Seixas. O litoral também ostenta o Farol do Cabo Branco, um mirante em formato de folhas de sisal, de onde se pode admirar a magnitude do litoral pessoense.

No Centro Histórico, os centenários casarões, igrejas antigas, ruas estreitas convidam para uma volta ao passado ao descobrir a riqueza das construções coloniais, da art décor e a riqueza de detalhes das construções do Barroco brasileiro, a exemplo da Igreja de São Francisco e a Igreja do Carmo. O colonial impregnado na Igreja da Misercórdia ainda impressiona.

Além de todos esses atributos, João Pessoa ainda é berço de personagens importantes da nossa história. Alguns já se foram, a exemplo dos poetas Anayde Beiriz, Violeta Formiga, Caixa D'Água e Lúcio Lins; o compositor Livardo Alves; e o teatrólogo Leonardo Nóbrega e Ednaldo do Egypto. Outros permanecem enriquecendo nossa cultura. Nomes como Ariano Suassuna, Geraldo Vandré, Herbert Vianna, Roberta Miranda, Renata Arruda e Eleonora Falcone. A lista de grandes nomes que são patrimônio local é extensa e poderia se estender por várias linhas. Estes, exemplificam bem os valores que nasceram por aqui.
http://www.jornalonorte.com.br/2009/08/05/diaadia1_0.php

04/08/2009

Nossa Senhora do Equilibrio


Em 1967, quando um monge da abadia de Fattochie, em Roma, rezava vinha-lhe à mente, de modo obsessivo, a palavra equilíbrio.
Saindo da Capela, foi ao sótão do mosteiro para colocar algumas coisas em ordem.
De repente, caiu-lhe nas mãos uma rude e compacta tábua sobre a qual estava fixada uma chapa metálica oxidada com o relevo de uma orante.
Inspiradamente exclamou: Santa Maria do Equilíbrio. Entregou-a ao monge Armando Paniello, que a reproduziu numa estampa com um vestido amarelo, frisado e longo, véu azul, da cabeça aos pés, braços e mãos estendidos verticalmente até o colo, pés descalços, num espiritual equilíbrio.
Um ano depois, Dom Armando solicitou uma audiência com o Papa Paulo VI.
Ao receber a estampa, o Pontífice, exclamou "Santa Maria do Equilíbrio!... é justamente dela que se precisa!".
O primeiro Santuário de Nossa Senhora do Equilíbrio está em Curitiba - PR.

Oração a Nossa Senhora do Equilibrio

"Virgem Mãe de Deus e dos homens, MARIA.
Pedimos-vos o dom do equilíbrio cristão, hoje tão necessário à Igreja e ao mundo.
Livrai-nos de todo o mal; salvai-nos do egoísmo, do desânimo, do orgulho, da presunção e da dureza de coração.
Dai-nos tenacidade no esforço, calma no insucesso, humildade no êxito feliz. Abri nossos corações à santidade.
Fazei que pela pureza de coração, pela simplicidade e amor à verdade, possamos conhecer nossas limitações.
Alcançai-nos a graça de compreender e viver a palavra de Deus.
Concedei-nos que, pela Oração, Amor e Fidelidade à Igreja na pessoa do Sumo Pontífice…
, vivamos em comunhão fraterna com todos os membros do Povo de Deus, Hierarquia e fiéis. Despertai-nos profundo sentimento de solidariedade entre irmãos, para que possamos viver, com Equilíbrio, a nossa Fé, na Esperança da eterna salvação.
Nossa Senhora do Equilíbrio, a Vós nos consagramos, confiantes na ternura da vossa maternal Proteção.
Divino Espírito Santo, que deste a Maria todo equilíbrio emocional e físico, dai-nos a graça de abandonar em vós nossos sentimentos e emoções, desejos e aspirações, a amar acima de tudo a Deus e não querer nada que me prejudique nem me afaste da Sua Vontade.
Dai-nos a graça da paciência nas demoras, do discernimento para procurar as pessoas certas que nos ajudem, da cura de nossas feridas emocionais provocadas pela falta do amor verdadeiro e de escolhas erradas.
Queremos abandonar aos pés daquele que tudo pode transformar e equilibrar: “Confiai-lhe todas as vossas preocupações , porque Ele tem cuidado de vós". " (I Pedro 5,7)
***

Linnnnnda mensagem


Prossiga placidamente entre o barulho e a pressa,
lembrando-se da paz que pode haver no silêncio.


Tanto quanto possível esteja em bons termos com todas as pessoas.
Fale sua verdade quieta e claramente, mas ouça aos outros, mesmo aos monótonos e ignorantes, ... eles também têm a sua estória.


Evite as pessoas que falam alto e que são agressivas,
pois elas são vexame para o espírito.


Se você se comparar a outros, pode se tornar vão e amargo, pois sempre haverá pessoas maiores e menores que você.
Seja você mesmo.


Desfrute de suas conquistas bem como de seus planos.
Mantenha-se interessado na sua carreira, por humilde que seja, pois esta é a verdadeira posse na mudança do destino. Exerça com precaução os seus negócios, mas não deixe que isto o cegue para a virtude.

Muitos medos advêm da fadiga e da solidão.
... esteja em paz com Deus o que quer que você o conceba ser.
E quaisquer que sejam as suas aspirações e trabalho na confusão barulhenta da vida, mantenha a paz na sua alma. Com toda sua vergonha, labutas e sonhos partidos, o mundo ainda é maravilhoso ...

(trechos de texto encontrado na Igreja Velha de São Paulo, Baltimore 1692.
Tradução Cilene Dantas da Gama)

Arquivo do blog

Grupo - Inglês - Atividades escolares, Apostilas, Dicas, Planos de aula, etc