29/06/2017

Classroom Ideas - 11 ótimas ideias para você turbinar as suas aulas.

De planejamento a atividades práticas, o objetivo é que tanto você, quanto seus alunos tirem o máximo de proveito das aulas.


1. USE "PLANNING FILES" PARA ARQUIVAR SUAS AULAS PLANEJADAS 

Que tal ter seus planejamentos todos resumidos e guardados em um arquivo pessoal? 
A ideia é preencher fichas contendo os seguintes itens:


TOPIC - O conteúdo que foi estudado (e.x.: Clothes, Colors, Animals, etc.).
LANGUAGE FOCUS - A estrutura gramatical ou parte da linguagem praticada (E.x.: What are you wearing today? I'm wearing a blue jacket.).
VOCABULARY - O vocabulário trabalhado (E.x.: jacket, T-shirt, pants, shoes, socks, etc.).
WARMER ACTIVITY - Qual atividade foi usada para iniciar a aula  e colocar os alunos no clima.
LANGUAGE FAMILIARIZATION - Como o tema foi introduzido.
LISTENING PRACTICE - Como as atividades em áudio foram trabalhadas.
BOOKS / WRITTEN ACTIVITIES - Descrever brevemente como foi trabalhado o livro ou outras atividades escritas.
EXTRA ACTIVITIES - Atividades, jogos, sites na internet, quizzes, etc.
COMPREHENSION CHECK - O que foi feito para checar se o aluno está preparado para lidar em uma situação real usando o conteúdo estudado.
RESOURCES - Se foi usado algum tipo de material extra, outros livros, CD's, DVD's CD-ROM's, etc.

Com esse material de consulta, os próximos planejamentos ficam mais rápidos e práticos, pois é só reutilizar ou adaptar as atividades e ideias já existentes e catalogadas.

2. CRIE UM "PORTFOLIO" COM OS TRABALHOS DOS ALUNOS

Sabe aqueles trabalhos que realizamos durante o semestre e os alunos sempre perdem ou jogam fora? Que tal criar um portfólio para arquivar todos os trabalhos e atividades realizados durante o semestre? E os alunos podem até mesmo criar capas personalizadas com colagens ou desenhos.
Para dar mais seriedade ao projeto, o professor pode atribuir uma nota à organização do portfólio que será adicionada à nota final do semestre, ou apenas valer pontos extras. É também uma excelente maneira de os alunos visualizarem toda a sua produção ao longo do semestre.

3. CRIE COM OS ALUNOS "MY VERY OWN PICTURE DICTIONARY" 

A ideia é criar um dicionário visual com as novas palavras que os alunos aprendem, divididos por categorias. Basta montar uma página (ou várias) com figuras do que foi aprendido, escrevendo seus nomes em inglês logo abaixo.
Esse dicionário visual personalizado pode ser feito de duas maneiras: separando as figuras por tema ou por ordem alfabética, á medida em que vão sendo aprendidas. O interessante é que o trabalho não tenha um tempo certo para terminar, pois os alunos podem trabalhar nele a cada semestre.
Outra alternativa é formar um grande livro, em que os alunos vão incluindo novas palavras e figuras semanalmente. 
Uma maneira de envolver os pais no aprendizado é pedir aos alunos que façam esse trabalho em casa (pode ser iniciado em sala) com a ajuda deles. Algumas sugestões de dicionários visuais online que podem ajunar no processo:

4. PEÇA AOS ALUNOS QUE FAÇAM UM "CUBE BOOK" AO LER UM LIVRO

Esqueçam as antigas fichas de leitura. Quando os alunos lerem um livro, peça a eles para fazer o fichamento em forma de cubo. A ideia é contar a história do livro em cinco partes / faces (pois uma é a capa). Aqui segue também um modelo de como montar o cubo.
Quer algo mais do que apenas contar a história? Que tal uma informação diferente em cada face do cubo:
1. Identificação: Nome do livro, nome do aluno, nível e professor
2. Sua parte / passagem favorita
3. Escolha o personagem que mais gostou e descreva-o (a)
4. As 10 palavras mais importantes do livro (key words)
5. Um ilustração que descreva a história
6. Sua opinião sobre o livro.

5. IDENTIFIQUE A INTELIGÊNCIA PREDOMINANTE DE SEUS ALUNOS

Segundo a teoria de Howard Gardner, podemos ser inteligentes de oito maneiras diferentes. Cada um de nós tem uma inteligência predominante. Isso explica porque algumas pessoas destacam-se mais como esportistas e outras musicalmente, por exemplo.
Identificar a inteligência de cada um de nossos alunos e variar as atividades em sala de aula, garantem uma aula produtiva para cem por cento do grupo.
Para saber mais, visite o site Wikipedia - Theory of Multiple Intelligences e assista ao vídeo abaixo:

6. IDENTIFIQUE O ESTILO DE APRENDIZAGEM DE SEUS ALUNOS

Cada um de nós tem um estilo de aprendizagem dominante. Por isso é importante variar as atividades usadas em sala de aula, a fim de alcançar cada um dos alunos, tornando o processo de aprendizagem mais significativo, personalizado e efetivo para todos.
Os estilos de aprendizagem são sete:
1. Visual / Espacial
2. Auditório / Musical
3. Verbal / Linguístico
4. Físico
5. Lógico / Matemático
6. Social / Interpessoal
7. Solitário / Intrapessoal
O site Online College criou um infográfico muito bacana explicando os três principais estilos de aprendizagem: visual, auditivo e cinestésico.
Para aprofundar mais o assunto, alguns sites são essenciais:
Descubra o seu estilo com esse teste Learning Styles Test e assista ao vídeo:

7. USE "CLASSROOM MANAGEMENT RULES"

Peça aos alunos que contornem, desenhem ou pintem suas duas mãos em uma folha em branco. Logo após, peça que numerem seus dedos de 1 a 10. Cada número equivale a uma regra de bom comportamento. O objetivo é criar um acordo entre professores e alunos para que ambos estipulem as regras de conduta do grupo durante o semestre.
As regras podem ser escritas atrás da folha, numeradas de 1 a 10. Cada aluno deve manter sua folha durante o semestre. Ela pode ser colada no caderno ou em uma agenda. Os alunos que mais cumprirem as regras podem acumular pontos, que podem ser um índice para nomear o melhor aluno do semestre. O prêmio pode ser um livro em inglês ou um certificado, por exemplo.

8. USE "BRAINBREAKS" EM MOMENTOS ESTRATÉGICOS

Os alunos estão cansados? Não querem mais trabalhar? Que tal dar aquele break estratégico em suas aulas com alguns jogos de ilusão de ótica? No Wonkavison Illusions você poderá mostrar 17 ilusões de ótica para seus alunos, como por exemplo a bandeira que muda de cor e aparece em uma superfície branca.
Além de estimular a conversação, essa atividade ainda requer um pouco de leitura, uma vez que as instruções para cada ilusão estão todas escritas em inglês.
Um outro site com várias ilusões e que pode ser usado com alunos mais avançados é o Might Optical Illusions. O professor pode selecionar algumas imagens, pedindo que os alunos as descrevam, as comparem ou expliquem como as ilusões foram feitas.
Mais ideias nos sites:

9. LEVE SEUS JOGOS PARA A SALA
Se você tem jogos, adapte-os para jogar com seus alunos dando um enfoque pedagógico. Aqui, três exemplos:
Pula Macaco - Nessa variação, os alunos se dividem em times - cada time é uma cor. O professor escreve vária palavras em pedaços de papel e os dobra, colocando-os em um saco plástico, por exemplo. Cada grupo retira uma palavra e a usa em uma frase. Se a frase estiver correta, um aluno pode arremessar o macaco. Caso ele fique preso na árvore, o time marca dois pontos, senão, marca apenas um ponto pela frase.
Tapa Certo - O professor fala uma palavra (ou frase) e os alunos batem nas cartas com as mãozinhas com ventosas.
O professor pode preparar um set de cartas com o tema a ser ensinado, como por exemplo, cores e plastificá-las. As cartas são colocadas no chão, o professor fala uma das palavras e os alunos devem bater na carta com a mãozinha. O site ESL Flashcards disponibiliza várias cartas (flashcards) para download gratuito.
Cara a Cara - Que tal usá-lo para trabalhar descrição física com seus alunos? E de quebra os alunos ainda praticam perguntas e respostas em inglês.

10. USE MATERIAL AUTÊNTICO

A ideia é sair um pouquinho do livro e acrescentar material original em suas aulas, como por exemplo, comerciais de TV. Por exemplo, se o tema for "advertisement", é possível usar o vídeo "Funniest Super Bowl Commercials - 2013". Os alunos assistem aos 10 comerciais e escolhem seus favoritos, explicando em inglês o porquê da escolha. Já vale como uma atividade de speaking. Logo após, cada aluno pode escolher um produto do site Incredible Things e criar seu próprio comercial.
Está ensinando vocabulário relacionado a comidas ou supermercado aos seus alunos? Que tal surpreendê-los com um vídeo musical do grupo Improv Everywhere? Nesse vídeo, o grupo transforma um supermercado em um musical digno da Broadway. Além de alegrar a aula, também treina a audição dos alunos.
O professor pode trabalhar o vídeo de diversas maneiras: 
1. Pedir aos alunos que criem uma lista de compras, prevendo o que verão no vídeo;
2. Desenhar uma cena do musical com legenda em inglês;
3. Escrever a letra de uma música baseada em um lugar público;
4. Criar seu próprio musical coletivo.
As ideias são infinitas. O que vale é a criatividade e o alto-astral do vídeo.

11. PERMITA O USO DO CELULAR COMO FERRAMENTA

Muito temos ouvido falar sobre usar telefones celulares (smartphones) em sala de aula, e a conclusão é de que, se bem usados, eles podem ser uma ferramenta altamente poderosa e eficaz. O primeiro passo é estipular as regras - o celular só pode ser usado enquanto ferramenta pedagógica. O excelente blog M That Learning está repleto de ideias sobre como usar essa ferramenta para aprender.
Vale também a pena dar uma olhada no vídeo abaixo antes de iniciar o uso oficial de celulares em nossas aulas:
O professor ainda pode incentivar seus alunos a contribuir com atividades e novas descobertas a respeito dessa nova tendência. Os alunos podem, desde usar dicionários e fazer pesquisas online, até usar aplicativos e entrar em sites para praticar o inglês.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

activities (205) alegria (67) amor (123) ano novo (28) Bayeux (89) coração (74) Cristo (62) Deus (302) ebook (28) english (685) feliz (90) fundamental II (14) grammar (56) ingles (568) inglês (451) Jesus (355) lingua inglesa (518) Maria (101) neidefbg (41) neidinha franca (39) oração (69) paz (59) pb (63) professor (30) teacher (69) teaching (44) tips (189) worksheets (99)

Facebook

Arquivo do blog