31/03/2011

Quinta-Feira é um dia especial de Missa e Adoração ao SANTÍSSIMO SACRAMENTO


Adorar a Deus é reconhecê-lo como Deus, como o Criador e o Salvador, o Senhor e o Mestre de Tudo o que existe, o Amor infinito e misericordioso. “Adorarás o senhor teu Deus, e só a ele prestarás culto” (Lc 4,8), diz Jesus, citando o Deuteronômio (6,13).

“Adorar a Deus é, no respeito e na submissão absoluta, reconhecer o nada da criatura, que não existe a não ser por Deus. Adorar a Deus é, como Maria no Magnificat, louvá-lo, exaltá-lo e humilhar-se a si mesmo, confessando com gratidão que Ele fez grandes coisas e que seu nome é Santo. Adoração do Deus único liberta o homem de se fechar em si mesmo, da escravidão do pecado e da idolatria do mundo.” ( Catecismo da Igreja Católica n. 2096 e 2097).

A adoração a Cristo exprime-se nas diversas formas de devoção eucarística:

Na Santa Missa: no momento da transubstanciação (mudança da substância do pão e vinho na substância do corpo e sangue de Jesus Cristo no ato da consagração) e da elevação;

Na exposição do Santíssimo Sacramento: quando o corpo de Cristo (Eucaristia) é exposta em um hostensório;

Na visita ao Sacrário: nos momentos em que a Igreja está aberta, visitar Jesus no sacrário para adoração;

Na genuflexão (ato de ajoelhar) diante do Sacrário: dobrar o joelho até ao chão ao passar em frente ao Santíssimo Sacramento quando estiver exposto ou no sacrário;

Na adoração da Cruz: na Sexta-Feira Santa.


A adoração ao Santíssimo Sacramento consiste em permanecermos alguns minutos diante de Jesus presente na Divina Eucaristia, para agradecer, pedir... aprender a viver melhor.


Deus, que nos deu o seu amor para que o amemos – como diz santa Teresinha do Menino Jesus – nos conceda a graça de estarmos todos os dias em sua presença, em escuta e adoração.

“Meu Deus! Eu creio, adoro, espero e amo-Vos; peço-Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam”

Arquivo do blog

Grupo - Inglês - Atividades escolares, Apostilas, Dicas, Planos de aula, etc