27/03/2011

Metáfora

Uma lata existe para conter algo,

Mas quando o poeta diz lata

Pode estar querendo dizer o incontível

Uma meta existe para ser um alvo,

Mas quando o poeta diz meta

Pode estar querendo dizer o inatingível

Por isso não se meta a exigir do poeta

Que determine o conteúdo em sua lata

Na lata do poeta tudo-nada cabe,

Pois ao poeta cabe fazer

Com que na Lata venha caber

O incabível Deixe a meta do poeta, não discuta,

Deixe a sua meta fora da disputa

Meta dentro e fora, lata absoluta

Deixe-a simplesmente metáfora

(GIL, Gilberto, In: Um banda um. LP Elektra n° BR 26036, 1982. L. 1, f.3)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

activities (216) alegria (67) amor (123) ano novo (28) Bayeux (89) coração (74) Cristo (62) Deus (302) ebook (28) english (704) feliz (91) fundamental II (14) grammar (56) ingles (570) inglês (462) Jesus (357) lingua inglesa (518) Maria (101) neidefbg (41) neidinha franca (39) oração (69) paz (59) pb (63) professor (32) teacher (72) teaching (44) tips (192) worksheets (101)

Facebook

Arquivo do blog