14/02/2017

Dicas De Como Usar A Tecnologia Na Sala De Aula E Motivar Alunos




O grande desafio é que, pelas inúmeras facilidades geradas pelos aparatos tecnológicos e a forma como eles podem fascinar as crianças e jovens, seu manuseio precisa ser eficaz, sem que atinja o efeito contrário: a dispersão.
Dominar essas tecnologias e suas capacidades pode ser a chave para atingir um nível exitoso de ensino. 

1. Compreenda os desafios específicos


As tecnologias podem ser grandes amigas no ensino, porém elas devem ser utilizadas com sabedoria pelos professores. Existem inúmeros desafios dentro de uma escola e que podem ser superados com esses aparatos, mas é importante identificá-los antes da sua aplicação.
A correção de avaliações pode ser um desafio para os professores. Mas hoje, já existem plataformas on-line onde podem ser criadas planilhas de supervisão do aluno. Os dados podem ser compartilhados, deixando acessível uma análise completa do desenvolvimento do estudante em diferentes disciplinas e podendo ser acompanhada pelos pais.
Outro desafio pode ser, por exemplo, a falta de espaço para uma sala de informática. A situação pode ser solucionada a partir da instalação de projetores e computadores nas salas de aula, tornando os espaços interativos. Se o problema for a falta de atenção dos alunos, as tecnologias devem ser usadas para transmitir o conteúdo de forma atraente.

2. Valorize a técnica do “hipertexto”

Pouco percebido, mas amplamente utilizado, o hipertexto na internet consiste na ligação de diferentes plataformas que abordem o mesmo conteúdo, enriquecendo o assunto. Essa técnica tem sido assimilada com facilidade pela geração de nativos digitais, aqueles que já nasceram inseridos nessa cultura. Uma boa alternativa para estimular o aprendizado e torná-lo atraente é aplicar o hipertexto à metodologia de ensino.
Ao abordar determinado assunto, o professor pode oferecer textos complementares, fotos, sons e vídeos para ilustrar o conteúdo e sanar dúvidas. Essa possibilidade pode ser explorada pelo professor utilizando projetor ou mesmo em salas de informática, onde cada aluno acessa o mesmo link para acompanhamento e pode interagir com o conteúdo.

3. Possibilite novas formas de avaliação

Muitas vezes, as provas escritas podem não ser ideais para determinado assunto, como no aprendizado de idiomas ou de ciências, que exigem imagens ilustrativas e sons. Nesse caso, o ideal é recorrer a mecanismos que permitam uma avaliação prática e estimulem a criatividade, por meio de vídeos, músicas, podcasts, blogs e até incentivar a produção desses conteúdos pelos próprios estudantes (dependendo da faixa etária).
Oferecer diferentes formas de eles expressarem aquilo que aprenderam é uma maneira eficaz de valorizar as características e habilidades pessoais. Esta também uma forma de estimular a criatividade e valorizar o uso consciente e benéfico das tecnologias disponíveis.

4. Faça bom uso da internet

A internet proporciona um mundo de possibilidades para os alunos. Assim como os demais conteúdos, é importante que seu uso seja ensinado pelos professores. Em todas as etapas do aprendizado, os docentes devem incentivar uso de sites confiáveis, a contraposição de informações e o fornecimento das fontes de pesquisa.
Outra forma de valorizar a internet é recorrer a sites educativos, que trazem diferentes atividades voltadas à assimilação de conteúdos. Existem plataformas, por exemplo, que proporcionam tours virtuais, como o Stellarium (planetário on-line) e o site do Museu do Louvre, localizado na França.
Além de ensinar sobre questões culturais, eles podem contribuir na aquisição de vocabulário, na ampliação da visão de mundo e na fixação de conteúdos distintos. A internet pode ser ainda um meio de comunicação com alunos de outras escolas e países, realizando um produtivo intercâmbio de conhecimento, principalmente para disciplinas como inglês e espanhol.

5. Utilize as redes sociais

Engana-se quem acredita que as redes sociais apenas prejudicam o desempenho dos alunos na escola. A criação de um espaço virtual específico para a troca de ideias e para solucionar pequenas dúvidas pode ser uma forma eficiente de comunicação e troca de experiências.
Além disso, estas mídias servem como canal para fornecer conteúdos extras, que ultrapassem as matérias dadas em sala de aula e incentivem o aluno a conhecer mais sobre determinado assunto. É uma forma também de disponibilizar materiais de apoio para auxiliar nas lições de casa e acompanhar aqueles alunos que possuem mais dificuldade.

6. Incentive a publicação dos trabalhos

Outra maneira de utilizar as tecnologias em sala de aula é por meio do incentivo as publicações dos materiais produzidos pelos alunos. Muitas disciplinas ou áreas de estudos necessitam, por exemplo, de que sejam escritos textos, resumos ou mesmo produzidos slides de apresentação. Após serem corrigidos, uma atitude positiva do professor é incentivar a publicação desses materiais.
A escola pode disponibilizar blogs ou canais para a divulgação do material, realizando um arquivo daquilo que já foi produzido. Para vídeos, por exemplo, uma dica para motivar os alunos é a organização de eventos onde serão reproduzidos esses materiais para os demais estudantes e/ou para os pais. As melhores produções podem ainda ser enviadas para competições estudantis nacionais e internacionais.

7. Procure unir a diversão ao aprendizado

Uma tecnologia que chama muito a atenção dos alunos e os fazem aprender sem perceber é a dos games. A utilização dos videogames (ou de jogos on-line) pode aprimorar o raciocínio lógico e a concentração dos alunos, fazendo com que eles busquem diferentes estratégias para solucionar os problemas colocados e memorizem aquilo que foi ensinado.
Esse método pode ser aplicado ao final de uma aula ou de determinado conteúdo, permitindo a assimilação dos termos, fatos, regras, ou mesmo para aliviar as tensões dos temas trabalhados, devido à informalidade dos jogos.
No ensino de geometria, por exemplo, uma alternativa é o site IGeom, que contribui com a fixação de conteúdos básicos da disciplina. Já o site Ludo Educativo fornece jogos de diferentes áreas do conhecimento, como biologia, inglês, geografia e artes.

See more at:
http://franquiaidiomas.com.br/7-dicas-de-como-usar-a-tecnologia-na-sala-de-aula-e-motivar-alunos/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

activities (197) alegria (67) amor (123) ano novo (28) Bayeux (88) coração (74) Cristo (62) Deus (302) ebook (27) english (657) feliz (90) fundamental II (14) grammar (54) ingles (567) inglês (423) Jesus (355) lingua inglesa (516) Maria (101) neidefbg (41) neidinha franca (39) oração (69) paz (59) pb (63) professor (28) teacher (62) teaching (39) tips (182) worksheets (96)

Facebook

Arquivo do blog