01/10/2011

Santa Terezinha não só descobriu no coração da Igreja que sua vocação era o amor.


Santa Terezinha sabia que o seu coração – e o de todos nós – foi feito para amar.
Sua vida nos deixou como proposta, selada na autobiografia “História de uma alma”, e como intercessora dos missionários sacerdotes e pecadores que não conheciam Jesus, continua ainda hoje, vivendo o Céu, fazendo o bem aos da Terra.

Arquivo do blog

Grupo - Inglês - Atividades escolares, Apostilas, Dicas, Planos de aula, etc